el Fado

À volta do Fado no X-centrico…
viagra vasodilatorviagra 2011 salesviagra expirationviagra resultsviagra nitroglycerinviagra red faceviagra vs cialis priceviagra japanviagra online canadaviagra in womenviagra vs enzyteviagra cialisviagra recreational useviagra grapefruitviagra directionsviagra usaviagra jingleviagra no prescriptionviagra erectionviagra from indiaviagra wikiviagra no prescription usaviagra and alcoholviagra virusviagra buyviagra over the counterviagra juicingviagra by mailviagra triangle restaurantsviagra pillsviagra indiaviagra premature ejaculationviagra dangersviagra joke labelsviagra vs revatioviagra storiesviagra virus emailviagra q&aviagra in canadaviagra kaiser permanenteviagra eye problemsviagra factsviagra urban dicviagra zoloft interactionviagra manufacturerviagra erowidviagra blue visionviagra walgreensviagra super activeviagra durationviagra adviagra quick deliveryviagra las vegasviagra paypalviagra kidsviagra quick tabsviagra light switchviagra los angelesviagra doesn't workviagra from canadaviagra canadaviagra zonder receptviagra effectsviagra prescriptionviagra kick in timeviagraviagra 30sviagra y alcoholviagra use directionsviagra super forceviagra menviagra substituteviagra timeviagra kick inviagra free trialviagra for pulmonary hypertensionviagra kaufenviagra long term effectsviagra usage tipsviagra vs. birth controlviagra going genericviagra knock offsviagra original useviagra recommended dosageviagra womenviagra not workingviagra experiencesviagra benefitsviagra 25mgviagra voucherviagra expiration dateviagra ukviagra headacheviagra horror storiesviagra professionalviagra makes a romantic relationshipviagra 100mg reviewviagra patentviagra mechanism of actionviagra 25mg side effectsviagra under tongueviagra jellyviagra young peopleviagra youtube channelviagra fallsviagra vs staxynviagra in the waterviagra 100mg priceviagra informationviagra historyviagra when to takeviagra vs cialisviagra and ecstacyviagra interactionsviagra without a rxviagra genericviagra for womenviagra newsviagra dosesviagra use in womenviagra nitric oxideviagra nasal congestionviagra overdoseviagra priceviagra best priceviagra mexicoviagra blogviagra overnightviagra jokesviagra coupon
Previous Post:   Next Post:

Vicente da Câmara-Biografia

vicecamaraReferência incontornável na história do fado, Vicente da Câmara nasce em Lisboa a 7 de Maio de 1928, em berço aristocrata, ele que dirá “O que é a aristocracia? A aristocracia tanto pode estar no povo como noutra coisa qualquer. (…) O aristocrata é aquele que sobressaiu”.
Filho de D. João da Câmara, notável radialista e loctor da rádio, Vicente da Câmara cedo recebe a influência fadista que o rodeia, em particular da sua tia Maria Tereza de Noronha e de D. João do Carmo de Noronha, seu tio-avô. E é, portanto, natural a sua entrada no mundo do fado, abrindo as difíceis portas da Emissora Nacional com 20 anos.
Cultor do fado clássico, antigo, que dava espaço para o improviso, Vicente da Câmara afirma-se pela sua clara articulação da frase, voz timbrada e de grande nitidez interpretativa, e pela verdade que coloca em cada fado, em cada actuação. Insurge-se, de resto, contra os fadistas que apenas imitam as interpretações clássicas, que não inovam nem são capazes de encontrar a sua própria voz. Senhor de opinião desassombrada, rebela-se contra as convenções e, em entrevista, afirma que o fado é um género musicalmente pobre, sugerindo que é talvez aí que reside a sua grandeza, pela liberdade interpretativa que permite aos seus cultores.
Dele se recordam grandes clássicos. Mas, como nenhum outro, o fado A Moda das Tranças Pretas vai constituir o seu cartão de visita para a posteridade. Conta-se que o compôs entre 1955 e 1956 num quarto de hotel em Santarém. As primeiras opiniões, incluindo a de seu pai, não são muito favoráveis. Mas ele insiste em gravar o tema, que rapidamente ganharia o coração de gerações de portugueses. Pode considerar-se, hoje, que Vicente da Câmara é o último representante de uma geração de fadistas aristocratas (designação ainda assim muito equívoca) que cantaram sobretudo por amor ao fado. Pai do fadista José da Câmara, seu digno sucessor, D. Vicente dedica-se, depois de muitos anos ligados à actividade de inspector numa petrolífera, à sua casa de antiguidades. Esta independência profissional em relação ao fado é paradigmática do seu espírito livre e desapegado.

Posted in Fadistas and Vicente da Camara 8 years, 8 months ago at 20:12.

Add a comment

No Replies

Comente usando o formulário abaixo!


Deixe resposta

Tem de estar autenticado para deixar comentário.