el Fado

À volta do Fado no X-centrico…
viagra vasodilatorviagra 2011 salesviagra expirationviagra resultsviagra nitroglycerinviagra red faceviagra vs cialis priceviagra japanviagra online canadaviagra in womenviagra vs enzyteviagra cialisviagra recreational useviagra grapefruitviagra directionsviagra usaviagra jingleviagra no prescriptionviagra erectionviagra from indiaviagra wikiviagra no prescription usaviagra and alcoholviagra virusviagra buyviagra over the counterviagra juicingviagra by mailviagra triangle restaurantsviagra pillsviagra indiaviagra premature ejaculationviagra dangersviagra joke labelsviagra vs revatioviagra storiesviagra virus emailviagra q&aviagra in canadaviagra kaiser permanenteviagra eye problemsviagra factsviagra urban dicviagra zoloft interactionviagra manufacturerviagra erowidviagra blue visionviagra walgreensviagra super activeviagra durationviagra adviagra quick deliveryviagra las vegasviagra paypalviagra kidsviagra quick tabsviagra light switchviagra los angelesviagra doesn't workviagra from canadaviagra canadaviagra zonder receptviagra effectsviagra prescriptionviagra kick in timeviagraviagra 30sviagra y alcoholviagra use directionsviagra super forceviagra menviagra substituteviagra timeviagra kick inviagra free trialviagra for pulmonary hypertensionviagra kaufenviagra long term effectsviagra usage tipsviagra vs. birth controlviagra going genericviagra knock offsviagra original useviagra recommended dosageviagra womenviagra not workingviagra experiencesviagra benefitsviagra 25mgviagra voucherviagra expiration dateviagra ukviagra headacheviagra horror storiesviagra professionalviagra makes a romantic relationshipviagra 100mg reviewviagra patentviagra mechanism of actionviagra 25mg side effectsviagra under tongueviagra jellyviagra young peopleviagra youtube channelviagra fallsviagra vs staxynviagra in the waterviagra 100mg priceviagra informationviagra historyviagra when to takeviagra vs cialisviagra and ecstacyviagra interactionsviagra without a rxviagra genericviagra for womenviagra newsviagra dosesviagra use in womenviagra nitric oxideviagra nasal congestionviagra overdoseviagra priceviagra best priceviagra mexicoviagra blogviagra overnightviagra jokesviagra coupon

Neste momento encontra-se na categoria Tristão da Silva.

Tristão da Silva-Curiosidades

Tristão da SilvaTristão da Silva era gago mesmo muito gago mas a cantar não gaguejava nada

Posted 8 years, 1 month ago at 20:50.

Add a comment

Tristão da Silva-Biografia

trisilvaData de Nascimento:18-06-1927
Local de Nascimento:Lisboa
País de Origem:Portugal

Autor de êxitos como “Nem Às Paredes Confesso” e “Aquela Janela Virada Para O Mar”, Tristão da Silva assumiu-se simultaneamente como fadista e cantor romântico.
Manuel Augusto Martins Tristão da Silva é natural de Lisboa, onde nasceu no dia 18 de Julho de 1927, tendo falecido prematuramente num brutal acidente de viação ocorrido em Lisboa na década de 70.
Foi como Tristão da Silva que sempre se apresentou durante a sua carreira artística, que teve estreia no Café Mondego, onde era conhecido apenas como o “miúdo do Alto do Pina”.
Tornou-se num fenómeno de popularidade dentro e fora do território português graças a “Nem Às Paredes Confesso”, êxito que esteve na base dos espectáculos que realizou no Brasil, como era hábito na altura, bem como da gravação de discos, que contaram com o acompanhamento de orquestras em vez das tradicionais guitarras.

Posted 8 years, 1 month ago at 20:41.

Add a comment

Tristão da Silva “Naquela Janela virada pro mar”

Posted 8 years, 1 month ago at 20:34.

Add a comment

Tristão da Silva “Fado Tristão”

TRISTÃO DA SILVA “Fado Tristão”
Letra : M. Lago
Música : António Mestre

Vide de FadoPorto2009-Fernando Batista

Posted 8 years, 1 month ago at 20:30.

Add a comment

Tristão da Silva

“Canção de Viseu” Letra/Música: Frederico de Brito / Carlos Rocha

Posted 8 years, 4 months ago at 20:04.

Add a comment

Tristão da Silva “Farrapo da vida”

Tristão da Silva

Tristão da Silva

Talvez tenha sido o primeiro fadista a aproveitar com amplitude os meios de comunicação social para atingir o sucesso.
Manuel Martins Tristão da Silva, nascido em Lisboa, transportará consigo, ao longo da vida, uma identidade, um pathos genuinamente lisboeta.
Começa a cantar fado castiço desde criança, nas matinées das casas típicas. Assim se manterá por largos anos, repartindo esta actividade amadora com profissões próprias dos rapazes dos bairros pobres da capital. Primeiro marçano, depois marceneiro.
Antevê na rádio o grande salto para a consagração. Para tanto transforma o seu repertório, aproximando-se do fado-canção, então mais aceite nos microfones da Emissora Nacional. Mas será sucessivamente reprovado na sua admissão à estação oficial.
Por influência e acção do maestro Belo Marques fará uma série de gravações que, somadas ao repentino e esmagador êxito de Nem às Paredes Confesso e de Maria Morena contribuíram para que a prestação de provas à Emissora fosse finalmente bem sucedida.
A carreira de Tristão da Silva estava definitivamente lançada, assente num estilo muito pessoal. Voz de base grave, com uma bela tessitura, interpretação repousada, estilo romântico.
Com Da Janela do Meu Quarto, Calçada da Glória, Aquela Janela Virada Pró Mar, Ai Se Os Meus Olhos Falassem, o fadista estabelecerá uma sólida reputação e conquistará um público fiel.

Marcos principais da carreira:

1937 É contratado com apenas nove anos, para actuar no Café Mondego, de Lisboa.
1954 Após anos de actuações
regulares em casas de fado, grava o seu primeiro grande sucesso: Nem às Paredes Confesso.
1955 Digressão à Madeira.
1956 Deslocação a Espanha, para gravação de uma série de discos. Digressão em África.
1957 Foi o segundo artista português a actuar na RTP, num programa ainda transmitido a partir da Feira Popular de Lisboa.
1960 Digressão ao Brasil, que durará quatro anos, e que inclui, igualmente, actuações na Bolívia, Chile, Paraguai, Argentina, Uruguai, Peru. Receberá o galardão de melhor atracção de music-hall internacional em São Paulo.
1964 Por insistência de Vasco Morgado, regressa triunfalmente a Portugal e integra o elenco da revista Férias em Lisboa. Volta ao Brasil para resolver alguns negócios. Regressa a Portugal e retoma o circuito das casas típicas e das boites.
Morre num acidente de automóvel.

Posted 8 years, 4 months ago at 2:19.

Add a comment

Tristão da Silva “Maria Morena”

Sabiam que este senhor Tristão da Silva era mesmo muito gago… Pois era, mas a cantar não gaguejava mesmo nada!

Posted 8 years, 5 months ago at 19:17.

Add a comment