el Fado

À volta do Fado no X-centrico…
viagra vasodilatorviagra 2011 salesviagra expirationviagra resultsviagra nitroglycerinviagra red faceviagra vs cialis priceviagra japanviagra online canadaviagra in womenviagra vs enzyteviagra cialisviagra recreational useviagra grapefruitviagra directionsviagra usaviagra jingleviagra no prescriptionviagra erectionviagra from indiaviagra wikiviagra no prescription usaviagra and alcoholviagra virusviagra buyviagra over the counterviagra juicingviagra by mailviagra triangle restaurantsviagra pillsviagra indiaviagra premature ejaculationviagra dangersviagra joke labelsviagra vs revatioviagra storiesviagra virus emailviagra q&aviagra in canadaviagra kaiser permanenteviagra eye problemsviagra factsviagra urban dicviagra zoloft interactionviagra manufacturerviagra erowidviagra blue visionviagra walgreensviagra super activeviagra durationviagra adviagra quick deliveryviagra las vegasviagra paypalviagra kidsviagra quick tabsviagra light switchviagra los angelesviagra doesn't workviagra from canadaviagra canadaviagra zonder receptviagra effectsviagra prescriptionviagra kick in timeviagraviagra 30sviagra y alcoholviagra use directionsviagra super forceviagra menviagra substituteviagra timeviagra kick inviagra free trialviagra for pulmonary hypertensionviagra kaufenviagra long term effectsviagra usage tipsviagra vs. birth controlviagra going genericviagra knock offsviagra original useviagra recommended dosageviagra womenviagra not workingviagra experiencesviagra benefitsviagra 25mgviagra voucherviagra expiration dateviagra ukviagra headacheviagra horror storiesviagra professionalviagra makes a romantic relationshipviagra 100mg reviewviagra patentviagra mechanism of actionviagra 25mg side effectsviagra under tongueviagra jellyviagra young peopleviagra youtube channelviagra fallsviagra vs staxynviagra in the waterviagra 100mg priceviagra informationviagra historyviagra when to takeviagra vs cialisviagra and ecstacyviagra interactionsviagra without a rxviagra genericviagra for womenviagra newsviagra dosesviagra use in womenviagra nitric oxideviagra nasal congestionviagra overdoseviagra priceviagra best priceviagra mexicoviagra blogviagra overnightviagra jokesviagra coupon

Neste momento encontra-se na categoria Francisco Pessoa.

Francisco Pessoa “Fado das Quatro Estações”

Poema de David Mourão Ferreira, com Música do Fado Dois Tons.

Posted 8 years, 3 months ago at 23:25.

Add a comment

Francisco Pessoa “À Noitinha”

Posted 8 years, 3 months ago at 22:37.

Add a comment

Francisco Pessoa “Ponto Final”

Poema de David Mourão Ferreira.
Musica (Fado Tango)Joaquim Campos.

Posted 8 years, 3 months ago at 22:34.

Add a comment

Francisco Pessoa “A Hora é de Saudade”

Posted 8 years, 4 months ago at 21:53.

Add a comment

Francisco Pessoa – “Não Foi Nada”

Francisco Pessoa

Francisco Pessoa

Francisco Pessoa passeava ainda a sua juventude quando começou a cantar o Fado. Tinha então 17 anos e fazia-se acompanhar de José Nunes e Paco Peres.
O seu percurso fadista teve maior relevância nos anos 60, período em que se dedicou às sessões de estúdio. Dessas sessões resultaram algumas gravações em colaboração com  David Mourão Ferreira, autor que foi responsável pela apresentação do seu primeiro disco.
“Quatro Fados de Amor”, foi um disco gravado  nesse período com poemas inteiramente de David Mourão Ferreira.
Mário Martins e Manuel Andrade foram autores que consigo repartiram as letras que cantou em registos como “A hora é de Saudade” e “Fados”.
Para além dos discos participou ainda num documentário com  Alfredo Marceneiro e  Teresa Tarouca, intitulado “Vielas de Lisboa”.
Durante vários anos foi acompanhado à guitarra e à viola por nomes sobejamente conhecidos da nossa praça como Raúl Néri, Fontes Rocha, Júlio Gomes. Joel Pina, e posteriormente por António Chaínho, Jorge Fontes, José Maria Nóbrega e Raul Silva.

O texto que transcrevemos a seguir é da autoria de David Mourão Ferreira:
Ter um voz castiça, bem timbrada que nos dá a sensação de vir de longe e em que tudo denota ao mesmo tempo o sentido da modernidade; cantar apenas por amor ao que se canta e revelar a cada passo com exigente insatisfação, o gosto em aperfeiçoar os próprios dons; integrar-se numa tradição inconfundível e todavia não se confundir com ninguém – tais são algumas características (bem raras em quem começa) que flagrantemente se manifestam em Francisco Pessoa.
Basta ouvi-lo cantar uma vez para nos darmos conta que este Francisco Pessoa é gente – o que não acontece com muitas pessoas que por aí andam… e que por aí cantam. A mim pelo menos, bastou-me ouvi-lo uma vez para disso me persuadir e para me convencer do mesmo passo, que valia a pena tentar com semelhente intérprete, uma experiência muito simples que talvez a uns pareça muito atrevida ou arriscada, que talvez outros capitulem de inteiramente inútil. A experiência foi esta: escrever quatro nova letras para outras tantas músicas de fados tradicionais a fim de fazer circular em veias de há muito asseguradas pelo tempo, o sangue de algumas palavras de hoje. (…) Assim nasce – e isso é que tem de assinalar-se- uma presença muito promissora no panorama do fado português.

in

Portal do Fado

Posted 8 years, 6 months ago at 0:42.

Add a comment